brfren

Itacaré Histoire Gegraphie


La beauté du ciel et la mer, décoré par des forêts verdoyantes, bordée de sable blanc ...


Pour sa beauté et sa simplicité, ses plages luxuriantes, l'hospitalité de ses habitants, ses paysages magnifiques, la tranquillité de ses rues pavées et ses maisons anciennes de style colonial, Itacare est une destination privilégiée, au Brésil. Profitez de la cuisine régionale, des danses forró avec les beaux natifs »,'gingar"  la capoeira à la plage avec les Rsesende, fait tout paraitre  une célébration constante de la joie de vivre. Les artisans locaux produisent des  pièces d'authentiques avec  de tiges de bambou et açai ... permettant aux touristes de prendre un souvenir incomparable de Itacaré. Décoration des plages aux sablea blancs , cocotiers cinermatrographiques et la foret 'Atlantique, luxuriante et riche de ses milliers d'animaux rares et d'espèces végétales.

Histórico Clima População Geografia  
Manguezais Mamíferos Répteis e anfíbios Aves  
Floresta Ombrófila Densa Região estuarina Restinga Florais e Frutíferas  

 

Histórico

Itacare antigo(Source IBGE 2010) -- La ville d'Itacaré résultait pas d'un village indien, où le prêtre jésuite distingués, Louis le Grand, a érigé une chapelle sous l'invocation de Saint-Michel, en nommant la ville avec le toponyme de São Miguel da Barra do Rio das comptes. En 1718, l'archevêque primat, dom Sebastião Monteiro da Vide, cette rose au rang de paroisse, la chapelle, avec le même nom. En 1732, le village de São Miguel da Barra do Rio de Contas das a été élevée au rang de ville et une municipalité le 27 Janvier, par ordre de D. Ana Maria Castro Ataide et la comtesse de Resende et la capitainerie d'Ilhéus donataire, qui appartenait à la terre de Itacare .

voltar

População



Selon les données de IBGE   Itacaré compte de 24.318 habitants dans une extension de  7,38 km2. 
Gentílico: itacareense



voltar

Clima



Le climat est tropical avec soleil toute l'année, mais avec des pluies fréquentes durant l'hiver, entre mai et août. Les températures varient entre 25 ° C et 30 ° C mais peut atteindre 40 ° C pendant l'été, de Décembre à Février.
La meteo d 'aujourd'hui a Itacaré :





voltar

Geografia


Itacaré é previlegiada  por estar aninhada dentro  uma formação geológica exclusiva em  todo  nordeste brasileiro, sua faixa  costeira é  dotada de um solo fértil e falésias rochosas, permitindo assim que  Mata Atlântica avance até o mar. Suas características mais marcantes são :


Floresta Ombrófila Densa



Caracterizada pelo fato de estar sempre verde  (perenófilia)  possui densa vegetação arbustiva, composta por samambaias, arborescentes, bromélias  trepadeiras. As arvore pódem atingir até 50m.

voltar

Região estuarina 

O encontro do rio com o mar forma um estuário que sofre a influência das marés e possui tipicamente água salobra. Um aspecto muito importante é que, devido aos nutrientes que as águas de terra transportam, favorecem uma elevada produtividade biológica.


voltar

Restinga 

Mais comumente encontrada nos trajetos de Itacaré a Maraú, um terreno arenoso e salino, próximo ao mar e coberto de plantas  herbácea e arbustiva,  abriga pequenos animais, em sua maioria insetos. Esse ecossistema é importante porque ameniza os ventos marinhos e a salinização antes que estes cheguem à mata atlântica.  Ela tem sido foco de estudos por ser uma das ultimas areas de restinga do Brasil. Todo o trabalho de catalogação das espécies de plantas existentes na restinga de Maraú está disponível na internet. http://www2.ib.unicamp.br/profs/volker/chaves/



voltar

Manguezais



Ao longo do Rio das Contas  encontra-se um panorama extraordinario deste tipo de vegetaçao . Durante a  maré baixa, um emaranhado de raízes são totalmente expostas. Suas formas artisticamente desenhadas pela natureza, dão asas a imaginação.   È possivel  observar milhares de caranguejos, guiamuns e aratus. 
Durante a maré alta, as  raízes submersas na água formam um abrigo natural para animais marinhos se esconderem de seus predadores. Sendo um dos ecossistemas mais produtivos do planeta, os maguezais  se torna um verdadeiros berçários de organismos jovens, incubadoras de novos seres.




voltar 


Flora



A flora da Mata Atlântica que circunda Itacaré, conta com mais de 20 mil espécies de plantas. Destas, 8 mil são endêmicas (não se encontra em nenhum outro lugar do mundo) . Ela é destacada pela grande diversidade da sua flora, sobretudo  bromélias e orquídeas . Estudos afirmam haver mais 454 espécies de árvores por hectare.



voltar

Frutíferas


Cacau O cacau  (apelidado de "ouro negro"), reinou por longos aos nas matas da região. Durante seu apogeu, os “coronéis do cacau” fizeram construir casarões e sobrados de estilo colonial, tal qual o Itacaré Hostel, que serviam apenas de casa de veraneio para alguns. Na década de 80 um  fungo basidiomiceto Moniliophtora perniciosa ("vassoura de bruxa"), devastous  a maioria das plantações e a cidade entrou em declínio. Somente em 1998, terminadas as obras  da Estrada BA-001, Itacaré começou a aquecer  a economia local através do turismo.

Diversas outras árvores frutífera se encontram em Itacaré, como bananeiras, cajueiros, cajazeiros, coqueiros, jaqueiras, Ingazeiro , Jenipapeiro , etc 

voltar

Florais

Heliconia

As Helicônias em suas mais diversas formas crescem nas matas , nos jardins das casas  e nas pousadas de Itacaré. Bromélias de todos tipos e tamanhos fazem parte de um circuito onde se podem observar  espécies gigantescas. Protegidas entre samambaias e xaxins, encontramos orquídeas raras , endêmicas desta região.

Arvores centenárias e de madeira precisosa , extremamente protegidas contra o corte ilegal são repertoriadas na região de Itacaré, como por exemplo :
Jacaranda filicifolia a madeira preferida na fabricação de pianos,  está na lista de espécies ameaçadas do IBAMA
 Maçaranduba . Muito utilizada em construção civil por sua madeira rosada e resistente, inclui também o Sapoti, a árvore usada para se extrair matéria-prima para o fabrico de chiclete. Esta madeira é de uma qualidade inigualável, sendo extremamente dura e resistente. Dependendo da espessura da peça de madeira, pregos comuns não conseguem penetrá-la, sendo necessários pregos especiais. A maçaranduba é utilizada em casas feitas de madeira como viga de sustentação. Poderemos ver muitas casas e pousadasw em Itacré que utilizam esta madeira.

Centenas de outras espécies, algumas  de uso medicinal e especiarias  são encontradas nas matas de Itacaré, tais como :
Pau d’Alho , Caneleira, Louro , Urucum, Arnica , Aroeira , Cedro,  Vinhático,  Jequitibá,  Sapucaia , Avenca,  Juerana,  Janaúba,  Pau-santo,  Gameleira, etc

voltar


Fauna
 

http://www.ib.usp.br
A fauna da Floresta Atlântica representa uma das mais ricas em diversidade de espécies e está entre as cinco regiões do mundo que possuem o maior número de espécies endêmicas.  Está intimamente relacionada com a vegetação, tendo uma grande importância na polinização de flores, e dispersão de frutos e sementes. A precariedade dos levantamentos sobre a fauna da Mata Atlântica torna sua descrição e análise mais difícil que no caso da vegetação (Adams, 2000), mas, apesar da carência de informações para alguns grupos taxonômicos, estudos comprovam uma diversidade bastante alta.
voltar


Mamíferos

bicho preguiça

A Mata Atlântica possui 250 espécies de mamíferos, sendo 55 endêmicas, com a possibilidade de existirem diversas espécies desconhecidas. São os componentes da fauna que mais sofreram com os vastos desmatamentos e a caça, verificando-se o desaparecimento total de algumas espécies em certos locais.
Há uma grande quantidade de roedores e quirópteros (morcegos), e apesar de não ser tão rica em primatas quanto a Amazônia, possui um número razoável de espécies (Adams, 2000).
Na região de Itacaré podemos encontrar algumas espécies en via de extinção: preguiça-de-coleira, mico-leão-de-cara-dourada, macaco-prego-do-peito-amarelo, Suçuarana, Jaguatirica, Capivara,  onça pintada, etc.
voltar



Aves



A Mata Atlântica apresenta uma das mais elevadas riquezas de aves do planeta, com 1020 espécies. É um importante centro de endemismo, com 188 espécies endêmicas e 104 ameaçadas de extinção. Estas espécies encontram-se ameaçadas principalmente pela destruição de hábitats, pelo comércio ilegal e pela caça seletiva de várias espécies. Um dos grupos que corre maior risco de extinção é o das aves de rapina (gaviões, por exemplo), que apesar de ter uma ampla distribuição, estão sofrendo uma drástica redução de seus nichos. Várias espécies quase se extinguiram pela caça, como é o caso dos beija-flores e psitacídeos em geral (araras, papagaios, periquitos) (Por, 1992).



voltar


Anfíbios

Com hábitos predominantemente noturnos e discretos, o que os torna pouco visíveis em seu ambiente natural, os anfíbios representam um dos mais fascinantes grupos. Exploram praticamente todos os hábitats disponíveis; apresentam estratégias reprodutivas altamente diversificadas e muitas vezes bastante sofisticadas, ocupam posição variável na cadeia alimentar e possuem vocalizações características, demonstrando a diversificação biológica e seu sucesso evolutivo.
Em relação aos anuros (sapos, rãs e pererecas), um ecossistema bastante importante é o conhecido "copo" das bromélias, um reservatório que serve de moradia, alimentação e local para reprodução de algumas espécies.
A Mata Atlântica concentra 370 espécies de anfíbios, cerca de 65% das espécies brasileiras conhecidas. Destas, 90 são endêmicas, evidenciando a importância deste grupo.
voltar

Répteis



Em relação à fauna de répteis, grande parte apresenta ampla distribuição geográfica, ocorrendo em outras formações como a Amazônia, Cerrado e até na Caatinga. No entanto, são conhecidas muitas espécies endêmicas da Mata Atlântica, por exemplo, o jacaré-do-papo-amarelo (Caiman latirostris) (MMA,2000). Uma comparação entre os répteis da Amazônia, da Mata Atlântica e do Nordeste dos Andes (Dixon, 1979, apud Por, 1992) mostrou que a Mata Atlântica possui 150 espécies, das quais 43 também existem na Amazônia, 1 nos Andes e 18 são de larga distribuição neotropical. O endemismo dos répteis da Mata Atlântica é bastante acentuado, entretanto novas espécies ainda estão sendo descobertas. (Por, 1992)

voltar



Peixes



Os ecossistemas aquáticos da Mata Atlântica brasileira possuem fauna de peixes muito variada, associada de forma íntima à floresta que lhe proporciona proteção e alimento. ( MMA, 2000)
O número total de espécies de peixes da Mata Atlântica é 350, destas, 133 são endêmicas. O alto grau de endemismo é resultado do processo de evolução das espécies, em área isolada das demais bacias hidrográficas brasileiras. (MMA, 2000)
A maior parte dos rios encontra-se degradada, principalmente pela eliminação das matas ciliares, erosão, assoreamento, poluição e represamento. Apesar de estudada há bastante tempo, a fauna de água doce brasileira não é bem conhecida . Nos rios da mata ombrófila densa, existem espécies dependentes da floresta para seu ciclo de vida, principalmente aquelas que se alimentam de insetos, folhas, frutos e flores (Adams, 2000), contribuindo também para a dispersão de sementes e frutos e para a manutenção do equilíbrio do ambiente aquático.

Referencias : http://www.ib.usp.br




Itacaré Hostel Ltda - Rua Rui Barbosa, 19
CEP 45530-000 -Itacaré - Bahia - Brasil  

Télephone:0055 (73) 32 51 25 10 Celular005(73) 9996 6138
   
Entre em contato conosco pelo e-mail
lidia merz